História do Metrô de São Paulo desde 1968 até os dias atuais

Cadastre o seu E-mail abaixo, enviaremos os melhores posts toda semana.


História do Metrô de São Paulo contada a partir do início das suas obras em 1968

Em 1968,  São Paulo já despontava como grande metrópole, isso acarretaria grandes problemas para o transporte urbano… que já viria ser um problema nos dias de hoje. Pensando nisso, surge se o projeto da primeira linha de metro de São Paulo.

 

Segundo o documentário deste vídeo do perfil de lipeamerican de São Paulo, mais precisamente da história do Metrô de São Paulo, conseguimos tirar algumas informações interessantes sobre a história, progressão e importância do metrô para uma grande metrópole como São Paulo.

Começam as obras para a construção do Metrô de São Paulo

Em 14 de dez 1968, dava se inicio as obras da linha norte sul,  na Avenida Jabaquara.

As obras divididas em 10 terços começam.

E estação Santana a Jabaquara já operava após um ano do inicio da sua construção, mais precisamente no ano de 1969.

A estação Sé ainda não estava concluída, para isso foi necessário demolir o Edifício  Mendez Caldeira que possuía 30 pavimentos em sua composição. Em 16 Novembro de 1975, nesta data em apenas 8 segundos, 500 quilos de dinamite fez com que fosse o então imponente Edifício Mendez Caldeira, demolido para a construção a principal estação de metrô de hoje, conhecida como estação (Sé).

Em 26 de Fevereiro de 1977, tramo leste, a linha 3 vermelha.
17 de Fev de 1978 foi inaugurada a estação Sé.

10 de março de 1979, festa no Brás, inicio da operação linha 3 vermelha.

Dez de 1988, toda linha 3 vermelha estava em operação.

Outra linha começava a ser construída, No sub-solo estava sendo construído a linha 2 verde do metrô de São Paulo Paraíso Clinicas.

25 de Janeiro de 1971, São Paulo completava 437 anos, ganhava a linha Terço Paraíso consolação começava a operar.

19 meses depois, setembro de 1992, inaugurada Ana Rosa e Clinicas.

1998, 5 novas estações foram entregues para a população.

2002 linha 5 lilas inaugurada.

14 de setembro de 2004, 30 anos de metro com operação comercial,

o metro hoje é considerado o melhor uso para transporte publico em São Paulo.

Hoje mais de 2 milhões de pessoas são transportados por dia pelo metrô.

Abaixo as estações e suas paradas dividas pelas linhas:

Linha 1 – Azul

(Jabaquara, Conceição, São Judas, Saúde, Praça da Árvore, Santa Cruz, Vila Mariana, Ana Rosa, Paraíso, Vergueiro, São Joaquin, Liberdade, Sé, São Bento, Luz, Tiradentes, Armênia, Portuguesa-Tietê, Carandiru, Santana, Jardim São Paulo-Ayrton Senna, Parada Inglesa e Tucurivi).

Linha 2 – Verde

(Vila Prudente, Tamanduateí, Sacomã, Alto do Ipiranga, Santos-Imigrantes, Chácara Klabin, Ana Rosa, Paraíso, Brigadeiro, Trianon-Masp, Consolação, Clínicas, S.N Sra. de Fátima Sumaré e Vila Madalena).

Linha 3 – Vermelha

(Corinthians-Itaquera, Artur Alvim, Patriarca, Guilhermina Esperança, Vila Matilde, Penha, Carrão, Tatuapé, Belém, Bresser-Mooca, Brás, Pedro II, Sé, Anhangabaú, República, Santa Cecilia, Marechal Deodoro e Palmeiras-Barra Funda).

Linha 4 – Amarela

(Luz, República, Paulista, Fradique Coutinho, Faria Lima, Pinheiros, Butantã).

Linha 5 – Lilás

(Capão Redondo, Capão Limpo, Vila das Belezas, Giovanni Gronchi, Santo Amaro, Largo Treze e Adolfo Pinheiro).

Confira também algumas fotos antigas tiradas do vídeo sobre a história do Metrô de São Paulo.

História do Metrô de São Paulo desde 1968 até os dias atuais
História do Metrô de São Paulo desde 1968 até os dias atuais
História do Metrô de São Paulo desde 1968 até os dias atuais
História do Metrô de São Paulo desde 1968 até os dias atuais
História do Metrô de São Paulo desde 1968 até os dias atuais
História do Metrô de São Paulo desde 1968 até os dias atuais
História do Metrô de São Paulo desde 1968 até os dias atuais
História do Metrô de São Paulo desde 1968 até os dias atuais
História do Metrô de São Paulo desde 1968 até os dias atuais
História do Metrô de São Paulo desde 1968 até os dias atuais

 

Gostou, tem algo a compartilhar ou acrescentar, você ajudou a construção do metrô, comente abaixo, deixe seu depoimento aqui.

Um abraço,

Eliel Nogueira

(V 8.752, 1 VT)


Cadastre o seu E-mail abaixo, enviaremos os melhores posts toda semana para você.

13 comentários sobre “História do Metrô de São Paulo desde 1968 até os dias atuais

  1. LEMBRO-ME QUANDO TUDO COMEÇOU, HOJE É MUITO IMPORTANTE PARA OS JOVENS SABER A ORIGEM DO METRO, PROGRESSO QUE SE INICIOU NO GOVERNO MILITAR.

  2. O METRO FOI UM GRANDE OBRA , PARA OS PAULISTANOS E TAMBEM PARA O DESENVOLVIMETOS DA CIDADE DE SÃO PAULO, MAS TINHA QUE AUMENTAR ESTAS LINHA ATE O ABCD , OK

    1. O metro da cidade do Mexico tem 177 estações e 195 km a de São Paulo tem 67 estações 78,3Km, e começaram as obras +/- na mesma época, o problema que no Brasil tudo que depende do setor publico é mais caro e demorado, infelizmente vivemos em um pais que sé se tem bandidos e vagabundos que nos roubam todos os dias !!!!

  3. Eu estive o prazer de estar lá na inauguração do metro de sao Paulo eu trabalhava na fabrica de fochos astro usava a linha da estação saúde ate a santa cruz

  4. Eliel Nogueira,
    Parabéns pelo seu site. É espetacular.
    Sou fã do seu trabalho.
    Metrô: nos anos 70, nosso professor na Faculdade lá no Rio já dizia que S. Paulo, até o ano 2000 teria estação de metrô em cada esquina, como Paris.
    É o melhor meio de transporte, principalmente nas grandes cidades.
    Quer dizer, estão devendo muito, muito metrô!!!
    Bração, Eliel! E, mais uma vez: PARABÉNS PELO TRABALHO!!!!

  5. As datas estão erradas, lembro da inauguração do Metrô, mais ou menos em 1972. No começo só funcionava a parte entre a Estação Jabaquara (perto de minha casa) e Praça da Árvore (não tenho certeza se era essa estação), mas lembro que era de graça, e a gente saia da escola para andar de metrô. Com certeza não foi inaugurado em 1969.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *